O que é Cloud Platform?

Cloud Platform, como bem diz o nome, é uma plataforma em nuvem, qual usuário tem toda uma suíte de funcionalidades ao seu dispor. Ele tem sua disponibilidade IaaS, PaaS e SaaS, serviços sob demanda de infraestrutura, plataforma e software em nuvem. A diferença é quem no Cloud Platform o usuário passa o controle sobre o consumo desses serviços, gerenciando suas contas de forma integrada.

Das muitas terminologias da nuvem de tecnologia, um Cloud Platform vem ganhando notoriedade nos motores de busca. Em uma pesquisa feita no Google Trends, nos últimos 5 anos ou no termo já chegou, em momentos determinados, um mais pesquisado sobre "hospedagem em nuvem" e "servidor em nuvem" aqui no Brasil. Mas se trata desse novo modelo de tecnologia Cloud?

Um Cloud Platform é um serviço como um serviço, mais específico como um Platform as a Service (PaaS), pelo qual é pago um valor mensal ou periódico. Nela, o usuário tem recursos disponíveis abrangentes nos quais pode desenvolver sites, softwares e aplicativos, com ações inovadoras em menos tempo e sem o esforço de manter uma infraestrutura. Esse tipo de serviço tem um alto nível de segurança e disponibilidade, os grandes players desse mercado (Google Cloud Platform, Amazon AWS e Microsoft Azure) se concentram em outros itens, que falam com mais detalhes ao longo deste artigo.

Essa tecnologia permite uma maior integração no gerenciamento de aplicativos na Web, dando maior liberdade ao gestor para monitorar o status de todos os dados da empresa alocada no Cloud Platform. Sendo possível aumentar ou diminuir o espaço na nuvem, seja na hospedagem do site ou no desempenho da memória RAM, por exemplo. Tudo altamente escalável, como o cloud permite?

E aí, gostaria de saber mais sobre o Cloud Platform? Continue a leitura desse artigo e saiba mais sobre essa opção do Cloud Computing.

Definição de Cloud Platform

A computação em nuvem, ou Cloud Computing, vem sendo requerida cada vez mais por diversas empresas, sejam grandes ou pequenas. Por exemplo, em uma pesquisa realizada pela SAS Brasil com 286 executivos de nível C na América Latina, constatou que 80% das empresas planejam migrar para uma nuvem em um ano.

Fica fácil de explicar essa busca pela nuvem, quando alguém considera as vantagens comparadas à computação tradicional, como por exemplo, velocidade e desempenho. Então, sim, uma tendência é que no futuro todas as empresas estão hospedadas na nuvem.

Onde o Cloud Platform entra, coloca, por exemplo, tratamento de uma suíte de recursos que o usuário tem acesso a serviços de desenvolvimento e consumo em nuvem, além de um nível maior de segurança e disponibilidade em suas aplicações. Ainda conta com uma centralização de informações cruciais no núcleo do negócio.

E finalmente, o que exatamente é Cloud Platform? Bem, é uma infraestrutura de software para um serviço de computação em nuvem, que inclui aplicativos que usam os usuários para criar e gerenciar suas contas.

O que aconteceu na prática é como empresas como o Google e a Amazon, que aprimoram e aprimoram como formas de infra-estrutura, que essas infraestruturas são produtos independentes. Além disso, para além da infra-estrutura, tudo o que foi desenvolvido em termos de aplicativos também pode ser anexado para facilitar o trabalho de quem já gerenciado no Cloud Servers.

Dessa forma, surgem como Plataformas em Nuvem: um complexo de tecnologias que não tem infraestrutura (Cloud Server) e atalhos de construção para aplicações em nuvem. Essas plataformas permitem disponibilizar aos usuários uma infinidade de tecnologias, código aberto ou não, facilitando sua criação e gerenciamento. Uma verdadeira revolução que permite que aplicativos, complementos e outros se multipliquem ao longo dos últimos anos.

Também é possível usar a definição de Cloud Computing como base para sofisticação ou significado do Cloud Platform.

Mostrar comentários